Cimento Resinoso Cimento Resinoso

Cimento Resinoso: Descubra como utilizá-lo em seu consultório

4 minutos para ler

A utilização do cimento resinoso é altamente recomendável para obter uma cimentação de qualidade. Geralmente, necessária durante determinados procedimentos odontológicos.

O material é mais discreto e tem fixação adequada, principalmente em estruturas metálicas, mas existem diversos tipos diferentes desse material, indicados para procedimentos específicos.

Assim sendo, caso queira saber mais sobre como utilizar o cimento resinoso, quais são os seus tipos e indicações. Continue lendo esse conteúdo!

Como utilizar o cimento resinoso?

Basicamente, o cimento resinoso é um material que possui baixa viscosidade e que é usado com o intuito de reter e selar restaurações, braquetes, etc.

Como dito antes, os cimentos resinosos são essenciais para obter resultados mais:

  • Satisfatórios;
  • Duradouros.

Portanto, veja a seguir quais são os diferentes tipos desse material e suas indicações!

Cimento fotopolimerizável:

O cimento fotopolimerizável tem uso em procedimentos de cimentação de facetas de porcelana e restaurações, pois fornecem maior estabilidade de cor com o passar do tempo e melhor adesão.

No entanto, para que isso seja possível, é necessário que o cimento passe por uma polimerização que por sua vez, é feita a partir da exposição à luz de uma lâmpada de cura ultravioleta.

Mas, é importante mencionar que para realizar esse procedimento corretamente, o cimento deverá possuir uma espessura máxima de 1 milímetro, caso contrário, não secará completamente.

Cimento fotopolimerizável

Cimento autopolimerizável:

O cimento autopolimerizável também é conhecido com o quimicamente ativado, como o próprio nome sugere.

Sua ativação ocorre por meio de uma reação química. Pode-se usar peças de espessura maiores que 3 milímetros, diferentemente do fotopolimerizável.

Dental Tiradentes

Para realizar esse procedimento, é necessário misturar dois elementos: a pasta base e a pasta catalisadora. Feito isso, a mistura secará em poucos minutos. Ao contrário do cimento fotopolimerizável que leva mais tempo para secar completamente.

Desse modo, o seu uso tende a ser mais comum entre as:

  • Restaurações metálicas fundidas;
  • Algumas peças indiretas;
  • Cimentações metalocerâmicas;

Todavia, possivelmente a grande desvantagem é que não possui uma grande variedade de cores. Sendo bem mais limitado em relação a isso. Assim como também não são considerados compatíveis com sistemas adesivos simplificados.

Cimento resinoso dual:

O cimento resinoso dual é basicamente uma junção das duas outras formas anteriores.

Assim sendo, é utilizado tanto o método químico: através da exposição à luz violeta, para obter uma cimentação completa. Ou seja, é possível afirmar que o tempo de trabalho é moderado.

O processo não é tão rápido quanto o quimicamente ativado. Mas, não tão demorado quanto o fotopolimerizável, pois o principal objetivo desse método é permitir que a luz ultravioleta alcance áreas.

Aquelas que não se polimerizaram completamente durante o processo de ativação química.

Conclusão

Em suma, existem alguns tipos diferentes de cimento resinoso, como você pôde ver ao longo desse conteúdo, no entanto, o profissional deverá possuir conhecimento sobre qual material é o mais indicado para cada paciente e o procedimento.

Para isso, será necessário realizar um diagnóstico no paciente e descobrir se o paciente já realizou algum tratamento do tipo ou se possui quaisquer cavidades orais que podem gerar incompatibilidade com o material do cimento.

Assim como também pode ocorrer reações químicas quando o material do cimento se funde à outros elementos presentes na boca do paciente, incluindo pinos, adesivos, facetas, entre outros fatores.

Por fim, caso ainda possua alguma dúvida, deixe o seu comentário!

Na Dental Tiradentes você encontra todos os melhores Cimentos Resinosos do mercado para o seu consultório! Confira.

Cimento Resinoso

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse?

Para ficar bem informado sobre as novidades do universo da Odontologia, assine nossa newsletter e receba conteúdos diretamente no seu e-mail.

Não te enviaremos Spam!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Facebook
Instagram