Materiais Odontológicos Materiais Odontológicos

Materiais Odontológicos: Os 24 itens essenciais para o seu consultório

10 minutos para ler

Para o dentista exercer a sua função de modo profissional e adequado, é de importante ter materiais odontológicos disponíveis. Mas, o mercado possui uma grande variedade de equipamentos, instrumentos e até mesmo descartáveis básicos.

Sendo assim, todos imprescindíveis para realizar o tratamento de seus pacientes de um modo seguro e bastante confortável.

Está em dúvida sobre quais são os materiais odontológicos considerados essenciais e as suas respectivas funções? Então, continue lendo esse conteúdo!

Brocas Odontológicas:

As brocas odontológicas são as responsáveis pelo preparo do acesso cavitário. Possuindo assim, inúmeras variações e diferentes modelos.

Desse modo, o dentista deverá conhecer quais são os tipos de brocas que existem atualmente. Por isso, é preciso escolher as mais indicadas de acordo com cada tratamento.

Confira os principais tipos:

Broca Carbide (ISO 500):

A Broca Carbide é feita de aço inoxidável que possibilita um corte mais eficiente e preciso. Portanto, são ideais para a remoção de cáries, assim como, para criar o formato do contorno inicial do dente.

Broca Diamantada (ISO 806):

As brocas diamantadas são de extrema qualidade, possuindo assim, bastante precisão e resistência. Por isso, são amplamente utilizadas durante procedimentos mais complexos, incluindo:

  • Perfurar restaurações de porcelanas;
  • Desgastar o esmalte e a dentina;
  • Entre outras funções.

Broca Transmetal:

Sem dúvida, as brocas transmetais são altamente indicadas para atravessar restaurações em amálgama ou até mesmo as casquetes de metal com porcelana. Uma vez que, possuem alta eficiência de corte.

Essas três classificações citadas acima são em relação ao material da broca, no entanto, ainda existem as classificações pela haste, formato, cor e diâmetro da ponta! Saiba mais!

Cimento:

Os cimentos odontológicos têm como principal objetivo preservar a restauração do dente. Mas, esses materiais odontológicos servem para outras funções também.

Além disso, existem no total quatro tipos diferentes de cimentos que são bastante utilizados, sendo eles:

Cimento Resinoso:

Geralmente é mais indicado para o tratamento de coroas e fixação de braquetes. Isso porque eles possuem uma maior adesão à materiais metálicos.

Conheça mais sobre como utilizar o cimento resinoso, quais são os seus tipos e indicações. Clique aqui!

Cimento de Ionômero de vidro

Devido as suas propriedades que facilitam a adesão à estrutura dentária, os cimentos de ionômero de vidro são usados para:

  • Selamento provisórios de cavidades;
  • Restaurações;
  • Recobrimentos.

Cimento de Policarboxilato de zinco

Esse cimento possui uma tração considerada maior. No entanto, sua força de compressão torna-se menor em comparação com outros tipos.

Cimento de Fosfato de zinco

Por fim, esse tipo de cimento é considerado como o mais antigo entre os outros. Sendo, além disso, o mais em conta o que faz com que seja usado para:

  • Cimentar restaurações cerâmicas e metálicas fundidas;
  • Além de pontes e coroas.
Materiais Odontológicos Essenciais

Materiais Odontológicos: Descartáveis

Os materiais descartáveis são essenciais para o dia-a-dia de qualquer consultório odontológico, devido ao fato dos riscos que a profissão está exposta, principalmente o risco biológico, já que o dentista está em contato diretamente com fluidos orgânicos e micro-organismos.

Para evitar qualquer tipo de risco o profissional deve cumprir todas as normas de Biossegurança e sempre manter um estoque de materiais descartáveis no consultório.

Portanto, veja a seguir alguns exemplos desses materiais descartáveis necessários:

A resina composta é utilizada para reconstrução dental, facetas, restaurações e a principal vantagem é o resultado natural. Tendo em vista que o material é semelhante à tonalidade do esmalte dentário.

Resina Composta:

Contudo, a resina composta possui diferentes tipos de classificações. Sendo caracterizadas pela matriz orgânica e partículas de carga. Isso faz com que cada tipo possua uma indicação específica.

Quer aprofundar um pouco mais o seu conhecimento sobre as resinas compostas? Veja este conteúdo!

Clareador Dental:

O clareador dental, como o próprio nome sugere, é um dos materiais odontológicos amplamente usados no processo de clareamento dental, seja no feito à laser ou com moldeiras.

Recomendado: Clareadores que tenham concentrações de peróxido de hidrogênio entre 10% até 35%.

Adesivos:

Em suma, os adesivos são pequenos materiais utilizados para juntar a estrutura do dente com o material restaurador. Contudo, eles podem ser encontrados em três tipos diferentes:

  • Autopolimerizável;
  • Fotopolimerizável;
  • Dual.

Alginato:

O alginato é um material usado, em geral, durante a moldagem de próteses. Conhecido por possuir uma boa elasticidade e escoamento, pois dessa forma, é possível obter uma reprodução de detalhes bastante satisfatória.

Indicadas para indivíduos que não conseguem manter a moldagem por um período de tempo mais elevado. Como, por exemplo, as crianças.

Materiais Odontológicos: Instrumentos

Os instrumentos odontológicos também são ferramentas inteiramente essenciais. Portanto, também devem estar presentes no consultório de todos os dentistas.

Veja então, alguns exemplos de materiais odontológicos que não podem faltar em sua clínica.

Espelho:

Seja o espelho comum ou aquele pequeno espelho de boca. Este é um importante instrumento que deve estar presente no seu consultório.

Pinça Clínica:

As pinças clínicas servem para que o dentista coloque ou retire algum material da boca do paciente.

Isso porque ele oferece um manuseio mais fácil e higiênico.

Espátula:

Um dos materiais odontológicos mais simples de explicar: as espátulas são necessárias durante a manipulação de resinas acrílicas e cimentos.

Forceps:

O forceps é um instrumento cirúrgico utilizado durante a extração de dentes. Sendo assim, existe um forceps adequado para cada tipo de dente.

Cureta:

A cureta é instrumento ideal para a utilização durante algumas cirurgias odontológicas. Ou seja, na curetagem de alvéolos.

Hollemback:

Geralmente, essa pequena ferramenta é utilizada para esculpir restaurações.

Dental Tiradentes

Carpule:

A seringa de carpule é um instrumento usado para aplicar anestesia dentária.

Materiais Odontológicos Instrumentais

Reembasador:

Entre os materiais odontológicos, o reembasador é um que existe à base de resina ou silicone. Ou seja, é o responsável por amortecer a pressão mastigatória. Ao mesmo tempo que fornece mais conforto para o paciente que utiliza próteses.

Sejam essas totais, parciais ou até mesmo provisórias.

Além disso, o material possui propriedades viscoelásticas em sua composição. Logo, ajudando a absorver a pressão exercida ao mastigar e distribuí-la de modo igual.

Porcelana:

Resumidamente, a porcelana é um material odontológico com ótimas propriedades que garantem mais:

  • Resistência;
  • Estabilidade de cor.

Portanto, tornou-se muito utilizada durante a confecção de dentes, coroas, facetas, restaurações, entre outros.

Resina acrílica:

A resina acrílica é um material bastante versátil usado para diversas funções.

Ela é útil desde a confecção de próteses parciais ou totais. Além disso, tem participação em:

  • Moldeiras;
  • Coroas provisórias;
  • Dentes artificiais;
  • Reparo de próteses;
  • Acrilização de aparelhos ortodônticos;
  • Placas miorrelaxantes;.

Revestimento:

O revestimento é um material utilizado durante a etapa de fundição. Bem como, para a criação de próteses dentárias, coroas e pontes.

Materiais Odontológicos: Equipamentos

Independente de qual seja a especialidade do dentista, existem materiais odontológicos considerados de suma importância. Confira a seguir!

Autoclave:

O autoclave é mais um aparelho que deve estar presente em todos os consultórios odontológicos, pois, é utilizado para esterilizar os materiais de trabalho.

Existem alguns dentistas que usam estufa para isso, no entanto, o autoclave é considerado como um aparelho muito mais rápido e seguro em comparação.

Uma vez que, o autoclave utiliza um vapor sob pressão que consegue desinfetar e esterilizar instrumentos metálicos, além de diversos outros materiais e instrumentos.

Compressor:

Sem dúvida, o compressor odontológico desempenha uma função bastante importante, já que garante o bom funcionamento de determinados aparelhos que estão presentes no consultório do dentista. Tais como:

  • Sugador;
  • Micromotor;
  • Jato de profilaxia;
  • Entre vários outros.

Afinal de contas, o compressor é o responsável por gerar ar comprimido. Mas, é importante destacar que ele deve ser colocado em algum local limpo e bem arejado.

Fotopolimerizador:

O fotopolimerizador é uma espécie de aparelho bastante compacto. Geralmente, utilizado para a colagem de braquetes, facetas e lentes de contatos dentais.

Mas, muito usado ainda para ativar substâncias, restaurações e clareamento dental.

Uma vez que, o principal papel desse aparelho é emitir uma luz ultravioleta. Logo, esta luz serve para ativar as resinas compostas e outros materiais.

Quer conhecer um pouco mais sobre os Fotopolimerizadores? Clique aqui e saiba mais!

Fotopolimerizador

Peça de mão:

A peça de mão, normalmente, também é conhecida como caneta de mão e é considerada uma parte fundamental de qualquer consultório odontológico.

Existem diversas peças de mão no mercado que trabalham em diferentes velocidades e rotações para realizarem determinadas tarefas.

A limpeza da peça de mão é um dos procedimentos mais importantes para garantir o aumento da vida útil do instrumento.

Acompanhe neste outro artigo as melhores práticas que ajudarão a você preservar o funcionamento de seus instrumentos, prolongar sua vida útil, reduzir a necessidade de reparos e, consequentemente, evitar custos adicionais desnecessários para a sua clínica. 

Plastificadora:

As plastificadoras são materiais odontológicos usados na realização de diversos trabalhos como:

  • Cópias de modelos em gesso;
  • Protetor bucal;
  • Moldeiras;
  • Placa de mordida.

Bem como, uma série de outras possibilidades de acordo com a necessidade.

Raio X:

A radiografia odontológica, ou simplesmente raio X, é mais uma das ferramentas essenciais para dentistas. Isso porque através dessa equipamento é possível obter imagens de diagnóstico.

O que permite então, ao dentista, identificar todos os tipos de patologias e facilitar o processos de tratamento como:

  • Tratamentos de aparelhos ortodônticos;
  • Implantes dentários;
  • Doenças periodontais;
  • Cáries dentárias;
  • Entre vários outros problemas.

Desse modo, um aparelho de raio X pode gerar diferentes tipos de radiografias odontológicas. Tais como os periapicais, interproximais e oclusal.

Fio Ortodôntico:

Os fios ortodônticos são materiais odontológicos utilizados em aparelhos fixos. Uma vez que, tais fios tem a função de movimentar os dentes e alinhá-los.

Basicamente, existem três tipos de fios ortodônticos principais, sendo eles:

Níquel-titânio

O mais utilizado durante o início do tratamento, pois, o fio move os dentes lentamente, sem causar força ou pressão.

Aço inoxidável

Utilizado assim, nos estágios finais do tratamento, ele tem a função de manter os dentes estáveis do modo como foram alinhados.

Beta titânio

Usado durante o início do tratamento, mas, somente em alguns casos específicos. Em geral, quando há a necessidade de:

  • Corrigir a posição dos molares;
  • Fechar espaços;
  • Corrigir torque;

Quer saber um pouco mais sobre todos os tipos de fios ortodônticos. Acesse esse conteúdo!

Conclusão

Vimos então, que existem diversos materiais odontológicos, instrumentos e equipamentos considerados essenciais no consultório de qualquer dentista.

Portanto, independentemente de sua especialidade, eles são essenciais para se realizar um trabalho mais profissional. Assim como, para se obter resultados satisfatórios.

O que você achou desse conteúdo? Ainda possui alguma dúvida ou gostaria de acrescentar uma informação? Então, não esqueça de deixar o seu comentário!

Dental Tiradentes
Posts relacionados

Deixe um comentário

Facebook
Instagram